Data/Hora: 15 nov 2018 09:14




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 114 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5  Próximo
 Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marrocos 
Autor Mensagem
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2009 12:11
Mensagens: 2485
Localização: São Miguel - Açores
Mensagem Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marrocos
3 de Outubro: São Miguel - Lisboa

A Marrocos Adventure Tour teve o seu início exactamente na data planeada, ou seja, a 3 de Outubro.
Esta data marcou o início de uma grande aventura, que teoricamente nos levaria a um país distante, com tradições, hábitos e língua diferente, com paisagens fabulosas, com fortes contrastes e com condições para vivermos e saborearmos uma grande viagem de mota. Afinal de contas, tudo apontava para mais de 4.000 kms!!! :vrumm:
O dia 3 de Outubro, assim como alguns que antecederam, foram vividos com intensidade, algum nervosismo e preocupação de ter tudo em ordem para a viagem. Nada podia ficar ao acaso, pelo menos em teoria.
Chegada à hora, os aventureiros (da esquerda para a direita) Francisco Narciso, Paulo Miranda, Bruno Botelho e Vítor Ferreira reuniram-se no Aeroporto João Paulo II, prontos para partir em busca de horizontes distantes.
no Aeroporto João Paulo II, prontos para partir em busca de horizontes distantes.

Imagem

A partir deste dia o nosso destino estava traçado, havia um plano de viagem a cumprir, haviam condições para sermos bem sucedidos, respirava-se entusiasmo, optimismo e aventura.
Em suma, estávamos a viver um sonho! :yupi:
Curiosamente, um amigo nosso e igualmente Motociclista, o Paulo Silva (ao centro) também partia no mesmo dia para um grande evento de BTT, o SUDOEX.
Uma coincidência feliz e que também representava uma aventura em 2 rodas.

Imagem

A descontracção e entusiasmo a disfarçar algum nervosinho míudo:

Imagem

Bora lá para Lisboa!!! [clap]

Imagem

Imagem

There is no turning back! :fiu:

Imagem

E pronto, partimos para Lisboa, onde nos esperava as nossas queridas motas.
Para trás ficaram amigos e familiares a torcerem por nós e a guardarem ansiosamente o nosso regresso, com todas as histórias e episódios desta grande viagem.
Apesar da grande vontade de partir para a viagem, fica sempre a saudade das pessoas que nos são mais queridas e de quem vamos ficar privados, ou seja, as esposas e filhos. Parece fácil, mas na realidade não é.
No dia 4 esperava-nos o início da viagem em Lisboa, que nos levaria até Espanha, mais concretamente Tarifa. Lá esperava-nos o ferry para Marrocos.
A aventura estava a aquecer :yesss:

CONTINUA

Boas Curvas!

_________________
Boas Curvas!
Bruno Botelho
KTM LC8 950 ADVENTURE & KTM EXC 400 - Ready To Race

http://www.motoazores.com


Editado pela última vez por BRUNO BOTELHO em 20 out 2013 23:46, num total de 2 vezes.



18 out 2013 14:02 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil Visitar o sítio web do Utilizador
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 16 abr 2009 22:05
Mensagens: 1737
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop)

:D


18 out 2013 14:15 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 30 nov 2009 21:17
Mensagens: 1313
Localização: Matosinhos
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop) :pop)


18 out 2013 15:39 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
JEAN PIERRE
Avatar do Utilizador

Registado: 15 mai 2010 12:46
Mensagens: 2162
Localização: خورخي بال-Barrancos
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Estava mesmo desejando deste relato!!!
:pop)

_________________
So ando de mota por duas razões!!Por tudo e por nada!

KTM Adventure 1090R 2017
KTM EXC 300 2t 2016
RM 125


18 out 2013 16:32 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
JEAN PIERRE
Avatar do Utilizador

Registado: 15 mai 2010 12:46
Mensagens: 2162
Localização: خورخي بال-Barrancos
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Estava mesmo desejando deste relato!!!
:pop)

_________________
So ando de mota por duas razões!!Por tudo e por nada!

KTM Adventure 1090R 2017
KTM EXC 300 2t 2016
RM 125


18 out 2013 16:32 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 16 abr 2009 22:05
Mensagens: 1737
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Jorge Baleizao Escreveu:
Estava mesmo desejando deste relato!!!
:pop)


Nota-se Jorge, até postaste duas vezes... [:p]


18 out 2013 16:49 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro

Registado: 05 mai 2012 23:00
Mensagens: 126
Localização: Lisboa
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop)

_________________
ex-Bw's 50cc
ex-Xjr 1200
ex-DL650
990 Adventure


18 out 2013 17:48 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 22 jul 2009 14:55
Mensagens: 573
Localização: Sines
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Vou tirar uns dias de folga, para apreciar isto......


18 out 2013 18:48 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2009 12:11
Mensagens: 2485
Localização: São Miguel - Açores
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
CONTINUAÇÃO

4 de Outubro: Lisboa - Tarifa (Espanha)

Na chegada a Lisboa, tínhamos à nossa espera o João Pais e a Cristina Sá e Melo, os quais nos guiaram até ao nosso local de pernoita.
Foram de uma grande simpatia e amizade, pois pouparam-nos tempo. Aliás, por minha culpa acabamos por perder mais algum tempo, porque acabei por indicar à Cristina o nome incorrecto do hotel, ou seja, Tagus Parque em vez de Tagus Palace, e andamos às voltas à procura do hotel no local errado. Enfim, acontece aos melhores [wink]
Todavia, agradecemos desde já a amabilidade de ambos, foram 5 estrelas :clapp:
A noite no hotel foi estranha, mas divertida, porque o Tagus Palace afinal era um hostel…, imaginem lá o nosso constrangimento nesta situação?!
Bem, foi motivo para umas boas gargalhadas e alguma cautela, porque ninguém estava preparado para esta situação. Da próxima há que ter em atenção todos os pormenores das reservas.
Após uma boa noite de descanso, no 4 de Outubro iniciava-se a grande viagem de mota. Para este dia estava planeado uma viagem de Lisboa até Espanha, mais concretamente Tarifa, onde iríamos pernoitar.
O dia começou com um bom pequeno almoço, onde a noite no hostel foi quase sempre o motivo principal de conversa :D

Imagem

Tomamos um táxi para Camarate, onde nos esperavam as nossas queridas motas no Transitário Euro Insular.
Reinava alguma ansiedade, não só pelo reencontro com as motas, mas principalmente para verificar se estava tudo ok. Por exemplo, uma mala partida, ou outra coisa qualquer na mota, poderia significar um atraso grande no arranque da viagem.
Ultrapassados os processos burocráticos, hora de desembrulhar as motas, verificar se está tudo ok e ultimar as arrumações:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Tal como prevíamos, havia algum excesso de bagagem, muito por culpa de um número considerável de brindes que tínhamos para oferecer às crianças em Marrocos. Mas com a ajuda de todos e correcta arrumação do material, foi possível transportar tudo-

Imagem

Imagem

Antes da partida, atestamos as motas, camelbak e siga!!! :yesss:

Imagem

Dá gosto vê-la assim toda equipada para uma grande viagem :cool:

Imagem

Ora bem, acertamos o GPS para Tarifa e seguimos viagem a um ritmo descontraído, mas tendo sempre em mente que nos esperava mais de 600 kms. Portanto, a dada altura ia ser necessário “apertar” um pouco o ritmo, porque eram muitos kms.
Começamos por “descer” por Portugal abaixo, mas nunca de uma forma directa, ou seja, iríamos virar para o Alentejo, mais concretamente Beja, e a partir daí seguir sentido terras espanholas (Aroche, Cortegana, Aracena,…) evitando assim descer mais o país e atravessar zonas com mais tráfego.
Atravessando a ponte Vasco da Gama, que oferece bonitas vistas:

Imagem

Imagem

Hora de começar a desembolsar… :angry:

Imagem

Pequena paragem para esticar as pernas:

Imagem

A travessia que realizamos por Portugal tornou-se mais interessante a partir do momento que entramos em terras alentejanas. As estradas e toda a paisagem envolvente convidava a uma condução mais agradável e relaxante.

Imagem

O almoço aconteceu em Beja, onde um simpático funcionário de uma estação de serviço nos indicou um restaurante bom e barato, o Tem Avondo:

Imagem

Confirmamos que a gastronomia é boa e o preço também:

Imagem

Imagem

Beja é a terra de alguns amigos, e ainda conseguimos avisar um deles, o Paulo Lança, muito conhecido do forúm Trail Aventura.
Infelizmente não lhe foi possível estar presente no almoço, mas ia ao nosso encontro à saída de Beja.
Bora lá devorar mais alguns kms?

Imagem

Tal como combinado, o Paulo Lança estava à nossa espera à saída de Beja. Ainda tivemos tempo para uma breve conversa, o que é sempre bom, porque o Paulo é de uma grande simpatia :thumbsup:
Havemos de nos encontrar mais vezes! :okkk:

Imagem

E lá continuamos, onde após alguns kms já estávamos em terras de “nuestros hermanos“. Por já estarmos em Espanha, parecia que tarifa era já ao virar da esquina, mas não, ainda havia muitos kms pela frente.

Imagem

Imagem

Pode até ser psicológico, mas o facto de já estarmos em Espanha já causava uma certa impressão de estarmos distantes e em território desconhecido. Em Portugal sentimos sempre aquela sensação de familiaridade, aqui tudo era estranho, até mesmo algumas paisagens.

Imagem

Devo confessar que atravessar Sevilha foi algo aborrecido, muito por culpa do muito trânsito que encontramos, ou seja, muito intenso. Ainda cometemos um pequeno erro de navegação que nos obrigou a algumas voltas extra, mas assim que saímos de lá foi mesmo uma sensação de alívio. Talvez seja falta de hábito a este tráfego intenso das grandes cidades.

Imagem

Infelizmente, o dia estava a terminar, mas Tarifa ainda estava a alguma distância, ou seja, era inevitável navegar à noite.

Imagem

Contudo, o grupo concentrou-se no objectivo e na parte final “apertamos” um pouco mais o ritmo. Pelo caminho cruzamo-nos com mais alguns Motociclistas portugueses, que pareciam ir com o mesmo objectivo que nós.
E, finalmente, já faltava pouco para Tarifa:

Imagem

E lá chegamos a tarifa em plena noite, mas muito bem dispostos e satisfeitos com o sucesso deste 1º dia de viagem.

Imagem

Em Tarifa ficamos no hotel Meson de Sancho, que tinha instalações muito agradáveis, mas um fraco atendimento na zona de restauração. Também encontramos um grupo de automobilistas que garantidamente iam para Marrocos fazer TT:

Imagem

Apesar de todo o ambiente TT, Marrocos, “nuestros hermanos“, etc, não facilitamos na segurança:

Imagem

Após um longo dia em cima da mota, sabe tão bem despir o equipamento e tomar um belo duche:

Imagem

Os Açores sempre presentes e no coração :nod:

Imagem

Hora de reabastecer!!!

Imagem

E um pouco de descontracção, conversa e acertar os planos para o dia seguinte.

Imagem

O 1º dia de viagem estava terminado!
Foi um bom dia de viagem, onde tudo correu muito bem e onde verificamos um excelente entendimento do grupo, assim como dinâmica na estrada. Tínhamos tudo para dar certo, e na prática estávamos a confirmar este facto.
Além disso, foi muito bom poder ter reencontrado um amigo, o Paulo Lança, assim como disfrutar um pouco do nosso belo país.
No dia seguinte esperava-nos uma travessia de ferry para o tão desejado Marrocos. Mal podíamos esperar.

CONTINUA

Boas Curvas!

_________________
Boas Curvas!
Bruno Botelho
KTM LC8 950 ADVENTURE & KTM EXC 400 - Ready To Race

http://www.motoazores.com


21 out 2013 01:58 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil Visitar o sítio web do Utilizador
AquAmAn
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2009 14:37
Mensagens: 6113
Localização: Oeiras, Lisboa
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop) :pop) :pop)


21 out 2013 07:39 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 17 nov 2010 18:14
Mensagens: 226
Localização: Porto
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
A paisagem não é tão verde como nos outros relatos, mas aqui continuo com a atenção habitual :)
:pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop)

_________________
DR-Z 400RR
بيدرو ماركيز


21 out 2013 10:07 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 10 mai 2010 19:24
Mensagens: 756
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop) :pop) :pop)

_________________
KTM 690 Enduro
BRP Africana - Honda XR650R  :)
Honda Transalp 600 aka Cabra Velha
com biela e cambota nas couves


21 out 2013 10:08 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2005 09:22
Mensagens: 16161
Localização: Beja Desert
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Venha mais :pop)

_________________
"... ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão,perder com classe e vencer com ousadia,porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante..."


21 out 2013 12:24 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 20 jan 2011 13:38
Mensagens: 1130
Localização: Oeiras, Queijas / Tomar, Serra
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
[hum] [hum] [hum] [hum] [hum] [hum]
:pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop)

_________________
Yamaha XT660X 2007 32.000Km
Yamaha Fz6 S2 2008 32.000Km
TA=Trail Adventure TransAlp XL700 ABS
"Viajar de carro aprecia-se a paisagem, de mota...faz-se parte dela!"


21 out 2013 12:47 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 20 nov 2012 18:44
Mensagens: 37
Localização: São Domingos de Rana - Cascais
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:okkk: Venha mais.


21 out 2013 17:55 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro

Registado: 21 nov 2009 23:22
Mensagens: 1069
Localização: Braga
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Com esta chuva e tão longe "das férias" como sabe bem ler estes relatos :okkk: :pop)

BRUNO BOTELHO Escreveu:
Devo confessar que atravessar Sevilha foi algo aborrecido, muito por culpa do muito trânsito que encontramos, ou seja, muito intenso. Ainda cometemos um pequeno erro de navegação que nos obrigou a algumas voltas extra, mas assim que saímos de lá foi mesmo uma sensação de alívio. Talvez seja falta de hábito a este tráfego intenso das grandes cidades.

Imagino a sensação de entrarem nas cidades marroquinas :D


21 out 2013 18:14 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 15 fev 2010 02:04
Mensagens: 3294
Localização: Braga - Paços de Ferreira
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
:pop) :pop)

_________________
Agostinho Gomes
e a sua KTM 990 Adventure RS Branquinha


21 out 2013 20:58 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro

Registado: 06 jun 2013 14:59
Mensagens: 76
Localização: Açores
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Bem-vindos , seus coriscos mal amanhados... :okkk:

:pop) :pop)


21 out 2013 22:16 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 22 jul 2009 14:55
Mensagens: 573
Localização: Sines
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Estou a gostar


21 out 2013 22:45 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 21 abr 2009 12:11
Mensagens: 2485
Localização: São Miguel - Açores
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
CONTINUAÇÃO

5 de Outubro: Tarifa (Espanha) - Midelt (Marrocos)

O dia 5 de Outubro era o grande dia da travessia de ferry para Marrocos.
O grupo acordou bem disposto e cheio de entusiasmo, prontos para partir à descoberta dos cantinhos deste grande país do norte de África.
Em território africano esperava-nos um itinerário que nos levaria de Tarifa a Midelt, com passagem por algumas pequenas localidades e 2 cidades muito conhecidas, Chefchaouen e Ifrane.
Estávamos a falar em mais de 500 kms.

Imagem

Contudo, já saímos do hotel um pouco mais atrasados do que o previsto, mas tendo em conta a informação que tínhamos, apanhar o ferry não seria um problema, pelo menos assim pensamos. A ideia era apanhar o ferry das 9 horas…
Ora aqui está o nosso táxi marítimo, da FRS:

Imagem

O caminho até ao porto de embarque de Tarifa revelou-nos um traçado muito agradável, e que deve fazer as delícias dos Motociclistas locais, com umas belíssimas curvas.

Imagem

Melhor do que as curvas são as vistas, com Marrocos (penso eu) a rasgar tímidamente as nuvens ainda baixas. Um bonito cenário!

Imagem

Chegada ao porto de Tarifa, ainda antes das 9:00, mas, para nossa surpresa, fomos informados de que o barco já estava completo :-(
Ainda tentamos persuadir a deixar-nos embarcar, mas não havia hipótese, estava mesmo lotado. Restava o ferry das 11:00.

Imagem

De facto, a lotação fazia todo o sentido, porque afinal de contas tratava-se de pleno fim-de-semana, com muitos turistas e habitantes de Marrocos a quererem viajar. Um pormenor que não pensamos, mas que também não era grave, apesar de significar um atraso considerável para os mais de 500 kms que tínhamos pela frente.
Mas não valia a pena pensar mais no assunto, bora lá comprar o bilhete!

Imagem

Venha lá as 11:00!!!

Imagem

Apesar do sucedido, a moral estava em alta:

Imagem

Com a compra do bilhete de ferry, vieram mais alguns documentos cujo preenchimento era necessário. Nada de muito complicado, apenas um documento a solicitar informação básica, como nome, profissão, país, entre outros. Um documento que juntamente com o passaporte e documento de importação temporária do veículo (D16 TER) iam ser necessário na Alfândega à chegada e saída de Marrocos.

Imagem

Imagem

O Miranda ficou fã do Camelbak:

Imagem

Açores on tour:

Imagem

Chegada às 11:00, era tempo de dar início ao nosso embarque. Uma confusão organizada de veículos, quer turistas, quer habitantes de Marrocos:

Imagem

Sempre bem dispostos:

Imagem

A partir do momento que iniciamos o embarque, começam os processos burocráticos, essencialmente resumidos ao bilhete de embarque e passaporte. O processo foi mais breve do que o esperado.
O nosso ferry ainda estava a desembarcar passageiros e veículos:

Imagem

No entanto, o desembarque é um processo relativamente rápido, e em pouco tempo já estávamos a entrar dentro do barco e, uma vez mais, bilhete e passaporte para fora.

Imagem

A malta da FRS já está tão habituada a estas andanças, que o processo de embarque é rápido, ou seja, ao entrarmos no ferry surgem logo funcionários a indicar-nos o local das motas e eles mesmos tratam de prender as motas com cintas.

Imagem

Mas convém estar presente no processo de colocar as cintas, especialmente para lhes relembrar para colocar alguma espécie de protecção no assento, como um cartão, caso contrário pode danificar o mesmo.

Imagem

Já no barco, e um pouco mais calmos, iniciamos de imediato outro processo burocrático, o carimbar do passaporte para entrada em Marrocos:

Imagem

O aconselhável é tratar logo de início, de forma a termos uma viagem mais relaxada e sem preocupações. Uma vez mais, achei este processo relativamente rápido.
Já cheira a Marrocos:

Imagem

Tempo para respirar fundo, tirar algumas fotos, relaxar e controlar um pouco a crescente adrenalina de querer explorar Marrocos.

Imagem

Imagem

Marrocos é de imediato visível no horizonte, o entusiasmo volta a disparar:

Imagem

O Vítor aproveitando para descansar um pouco:

Imagem

Anima-te companheiro!

Imagem

Durante a viagem tivemos uma agradável coincidência e encontro, o João Freitas Casaca estava igualmente de viagem para Marrocos :-)
Foi mesmo muito bom voltar a rever este amigo, que tive o prazer de conhecer pessoalmente na N2 em 2011.
Além de entusiasta por Marrocos, também nutre uma paixão pelas motas laranja.
Abaixo a foto junto da sua belíssima 690:

Imagem

E passados alguns minutos, já estávamos a atracar na costa de Marrocos, mais concretamente em Tanger.
Estava na hora de sair do barco e respirar aventura.

Imagem

Imagem

Contudo, uma coisa é desembarcar, outra coisa é passar do porto de desembarque. Por outras palavras, era necessário passar por mais alguns procedimentos burocráticos obrigatórios.
Não era nada de especial, numa 1ª fase mostrar passaporte e o Doc. import. Temp. ao Polícia, depois ir à Alfândega, voltar a mostrar os mesmos documentos, receber um carimbo num dos documentos e já está.

Imagem

A burocracia em Marrocos é simples, mas convém ter em mente algumas coisas, de forma a escapar a um possível processo demorado e mais complicado. Estou a falar de alguns indivíduos que por lá andam, sem farda, alguns com uma suposta identificação e que nos pedem os documentos. O segredo é não entregar nada e ir de imediato ao encontro da Polícia, devidamente identificados de farda azul. Após passarmos por este e nos entregarem os documentos, é seguir para a Alfândega.
Os outros sem farda são os chamados ajudantes da Polícia, que estão por lá a tentar ganhar algum dinheiro, mas acabam por atrasar todo o processo e causam algum desconforto. Evitá-los sempre que possível!!!
Tivemos sorte, talvez por termos seguido o grupo do João Casaca, já experientes nestas andanças por Marrocos. Sabíamos a teoria, mas segui-los tornou tudo mais fácil.

Imagem

Todos a quererem entrar em Marrocos:

Imagem

Para nossa satisfação, não demorou muito até autorizarem a saída das motas, mesmo antes doa automóveis. Furamos o trânsito e, finalmente, estávamos em Marrocos, livres para darmos início à nossa viagem :-)
Mas antes de iniciarmos o itinerário do dia, tratamos de levantar através do multibanco dinheiro local, ou seja, Dirham. Muito importante, porque nem todos em Marrocos aceitam euros, ou temos a possibilidade de pagar por via electrónica, o Dirham é que fala mais alto.
No nosso caso, e para começo de conversa, foram 2.000 Dirhams, que equivale a 200 euros.

Imagem

E lá começamos finalmente a nossa viagem, debaixo de um clima muito quente, sem nenhum objectivo para Tanger, a não ser escapar do terrível trânsito que esta cidade possui.

Imagem

Não demorou muito até vermos as senhoras com as Burcas:

Imagem

Tanger é uma cidade super movimentada, com um tráfego muito activo, diria mesmo louco. Foi aqui que verificamos de imediato que tínhamos que esquecer todas as regras europeias de condução, e limitarmo-nos a tentar fluir pelas ruas o melhor possível. Claro que há sempre regras básicas que respeitamos, como os semáforos, mas passadeiras, stop, circulação em rotundas, linhas contínuas, entre outras, eram apenas em teoria, praticamente ninguém as respeita e quem o faz, arrisca-se a ser cilindrado.
Aprendemos rápido e é como diz o ditado, em Roma sê Romano.

Imagem

Imagem

Não nos agradava muito, mas era um mal necessário para que tudo corresse bem.
Outro aspecto imediatamente perceptível são fortes contrastes, ou seja, ora vemos sinais típicos de pobreza, ora vemos sinais típicos de riqueza, como um concessionário de marcas premium em Tanger:

Imagem

Por esta altura, já começava a lembrar-me de muitas outras histórias que me contaram de Marrocos, sendo apenas uma questão de tempo até nos deparar-mos com exemplos idênticos. Marrocos é mesmo rico em coisas que estamos pouco habituados a encontrar na Europa.
Após escaparmos a cidade, iniciamos a nossa descida por Marrocos, tomando algumas estradas nacionais e regionais.
Desde logo verificamos que, mesmo em vias mais fluídas, os Marroquinos nem sempre conduzem da forma mais correcta ou segura, sendo necessário ter algumas cautelas, como por exemplo, fazer curvas o mais dentro da nossa faixa possível. Além disso, o asfalto em algumas zonas não é o melhor, encontrando-se, por vezes, muito gasto, com um ar polido, quase vidrado. Nestes casos, a aderência é precária, especialmente a curvar.
Uma vez mais, estávamos a aprender rapidamente, mas, estranhamente, todos estes aspectos revelavam-se interessantes e com alguma mística, talvez por causa das histórias de outros viajantes.

Imagem

Imagem

Apesar de todos estes aspectos curiosos, havia algo que me incomodava acerca da minha mota desde a nossa travessia de Tanger, tinha reparado que o vaso de expansão do líquido refrigerante enchia até ao máximo e estava a vazar pelo respirador.
Bem, isto garantidamente que não era normal, porque apesar de estarmos perante um clima quente, não havia razão para tal, especialmente porque a minha mota tinha sido alvo de uma revisão profunda. Para evitar danos, e tentar perceber o que se passava, paramos para o motor arrefecer.

Imagem

O Miranda já estava mais de acordo com os habitantes locais.

Imagem

O motor à medida que arrefecia, ia puxando de volta o líquido refrigerante, só que como tinha sido expulso algum pelo respirador, foi necessário repor.
Até a este momento, não tínhamos encontrado nada de anormal. Seria um falso alarme ou susto? Bem, só mesmo continuando para verificar.

Imagem

Chegada a Chefchaouen, cidade das famosas e típicas casas em tons de azul:

Imagem

Imagem

Infelizmente, pelo caminho o vaso de expansão voltou a apresentar os mesmos sintomas, o que nos deixou preocupados.
Havia a possibilidade de sangrarmos/purgarmos o sistema de refrigeração, porque poderia ser ar no circuito a causar este encher anormal do vaso e consequente perda de líquida, por expulsão pelo respirador.
Mas antes da operação de mecânica, procuramos um local para almoçarmos.

Imagem

Infelizmente, o local aonde fomos já tinha fechado a cozinha, deixando-nos com um sabor amargo na boca.
Mas na falta de paciência para procurar outro, e tendo em conta que tínhamos uma pequena operação de manutenção pela frente, almoçamos mesmo na estrada, aproveitando alguns mantimentos que tínhamos.

Imagem

Alguns gajos são mesmo esquisitos para comer, e até têm que descalçar as botas para tal:

Imagem

Imagem

Um bonito enquadramento:

Imagem

Com o estômago já satisfeito, e com o motor mãos arrefecido, iniciamos o processo de sangramento/purga da minha LC8. Um processo rápido e simples, e que deu algumas indicações de que poderia haver ar no circuito. Mas só mesmo um posterior teste ia confirmar este facto. Até lá, estava um pouco apreensivo e a sentir-me um entrave à progressão da viagem.
Mas as viagens de mota são assim, podem surgir imprevistos…
Bem, continuamos a seguir em frente, não havendo hipótese de explorar Chefchaouen, devido ao tempo perdido com a perda do ferry das 9:00 e com a manutenção da minha mota. Para Midelt faltavam muitos kms, e queríamos evitar navegar à noite.
Abaixo aguns exemplos daquilo que podemos encontrar nas estradas em Marrocos, ou seja, desde carrinhas a circularem de porta aberta e camiões carregados além daquilo que é racional e seguro. Estamos em Marrocos!

Imagem

Imagem

Outra peripécia da viagem deste dia, numa pequena localidade o amigo Vítor atropelou uma galinha, que hesitou ao atravessar a estrada. Um atropelamento involuntário e que nos deixou um pouco preocupados, mas que não deixou de ter um lado cómico para mim, porque ficou no ar um monte de penas, as quais tive de atravessar. Uma cena mesmo típica de filme cómico.

Imagem

Chasing shadows:

Imagem

O dia estava a ser longo e com muitos kms, mas tinha de ser, porque o objectivo final era Midelt, onde a partir daí se daria início à parte mais interessante da viagem que tínhamos planeado.
Após alguns bons kms de teste, verifiquei que o vaso de expansão da minha LC8 nunca mais deu sinais de anomalias, tendo o nível do líquido estabilizado, ou seja, enchia o normal com o aquecimento, e descia o normal com o arrefecer, ficando entre o MIN e o MAX, tal como indica o manual.
Perante isto, o alívio foi total, porque podia continuar a viagem sem preocupar-me com este aspecto.
De salientar que as restantes motas estavam ok e sem quaisquer anomalias.

Imagem

O sol já começava a esconder-se no horizonte:

Imagem

Imagem

Riding till sunset:

Imagem

Tempo para esticar as penas, verter águas, entre outros aspectos necessários:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Midelt ainda estava longe, mas a hora do jantar já estava bem próxima, pelo que achamos por bem procurar na próxima cidade um local para jantar.
Não sei precisar a localidade, mas foi antes de Ifrane, talvez Saïss, que paramos para reabastecer e jantar. Mas nesta pequena localidade jantar não foi tarefa fácil, porque alguns dos locais que tentamos já não tinham comida para vender :-(
Mas até nem andamos muito até encontrarmos à beira da estrada um pequeno restaurante com frangos a assar num forno. Foi mesmo parar logo ali, porque não sabíamos se mais à frente haveriam mais oportunidades.

Imagem

Este frango veio mesmo a calhar e a saber que nem ginjas:

Imagem

Imagem

Para acompanhar a bebida oficial de Marrocos, a Coca Cola:

Imagem

Um aparte, desde o 1º momento que achei a Coca Cola em Marrocos mais forte em gás que a europeia. Até gostei mais.
Já satisfeitos com o jantar, continuamos a viagem noite dentro, mas um pequeno erro de navegação levou-nos pelo caminho mais longo, acrescentando cerca de 50 kms ao trajecto.
Tivemos algumas indicações de um local:

Imagem

Infelizmente, a nossa passagem por Ifrane aconteceu em plena noite e já tarde, o que foi uma pena. Ainda assim, deu para perceber porque é que chamam Ifrande de Suíça Marroquina, ou seja, trata-se de uma cidade com aspecto organizado, limpa, com casas de muito bom aspecto, cujos telhados lembram as casas na Suíça, automóveis de gama alta a circular nas ruas, trânsito a fluir ordeiramente, entre outros aspectos.
Em suma, parecia uma cidade europeia, além de ser notório que é uma cidade mais rica e onde devem habitar pessoas mais abastadas de Marrocos.

Imagem

Imagem

Uma paragem meramente para descansar, antes da tirada final até Midelt.

Imagem

Xiiii…, que sono:

Imagem

A última parte da viagem até Midelt foi um pouco difícil, talvez penosa, porque o cansaço já se fazia sentir e já começávamos a ter alguma dificuldade em mantermo-nos concentrados na estrada, ou mesmo acordados.
Foi necessário arranjar estratégias para despertar, como cantar, abrir a viseira a apanhar vento na cara, andar de pé na mota, entra outas. Estava mesmo muito complicado.
A última parte da estrada foi uma descida de montanha, que parecia não ter fim, mas que curiosamente até deu para despertar um pouco, apesar da enorme escuridão que nos envolvia. Nesta estrada não havia qualquer iluminação além das que as nossas motas emanavam. Todo o cuidado era pouco.
Mas com muito esforço e alguma ajuda divina, lá chegamos a Midelt, e ao hotel Kasbah Asmaa:

Imagem

Um típico hotel Kasbah, de aspecto mesmo à Marrocos e a tornar esta dura viagem do dia altamente recompensante.
Ainda por cima fomos autorizados a estacionar as motas no interior do mesmo :-)
Neste hotel tivemos uma surpresa agradável, a segunda deste dia, reencontramos mais um amigo, o Carlos Mouro, que conheci aquando do WTC Açores 2012.
Este amigo, também ele de férias e de mota, fez questão de ficar acordado e esperar por nós, e ainda proporcionou alguns bons minutos de conversa, sempre com as motas como tema principal, e como nós gostamos.
Obrigado Carlos pela amabilidade de esperares por nós.

Imagem

Imagem

E tempo de relaxar, descansar e dormir, porque o dia tinha sido muito longo e cansativo.

Imagem

Imagem

E assim terminamos este nosso 1º dia por Marrocos.
Foi um dia de sentimentos variados, se por um lado houve o entusiasmo e adrenalina de entrarmos finalmente em Marrocos, por outro lado houve a preocupação e pessimismo com a anomalia da minha mota.
Todavia, ultrapassada a anomalia, voltou o entusiasmo, o espanto e curiosidade de tudo o que nos deparamos na estrada, e que inconscientemente absorvemos, e, finalmente, o cansaço de um longo dia de viagem, recompensado com o reencontro de um amigo.
Impressionante como um dia pode gerar os mais variados sentimentos, assim como tornar-se inesquecível.
Resumindo, Marrocos estava a ser apaixonante e o grupo estava ávido por mais :-)
O dia seguinte esperava-nos uma viagem até Merzouga, terra da areia, do deserto, do Erg Chebbi, do Dakar e dos horizontes sem fim.

CONTINUA

Boas Curvas!

_________________
Boas Curvas!
Bruno Botelho
KTM LC8 950 ADVENTURE & KTM EXC 400 - Ready To Race

http://www.motoazores.com


22 out 2013 01:42 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil Visitar o sítio web do Utilizador
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 10 mai 2010 19:24
Mensagens: 756
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Bom relato, viajar de mota têm realmente a capacidade de extremar os sentimentos e experiências vividas.
Sem duvida um destino a realizar proximamente.

keep going :pop)

_________________
KTM 690 Enduro
BRP Africana - Honda XR650R  :)
Honda Transalp 600 aka Cabra Velha
com biela e cambota nas couves


22 out 2013 08:24 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 20 jan 2011 13:38
Mensagens: 1130
Localização: Oeiras, Queijas / Tomar, Serra
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Estes tópicos que falam de Marrocos deviam de estar na secção de Hardcore, pois para quem quer lá ir é uma provocação! :mutley:
Dá vontade de pegar na mota e até já... :vrumm:
Num futuro breve quem sabe, também postarei algo de...Marrocos.
Mas até lá.... :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop) :pop)

_________________
Yamaha XT660X 2007 32.000Km
Yamaha Fz6 S2 2008 32.000Km
TA=Trail Adventure TransAlp XL700 ABS
"Viajar de carro aprecia-se a paisagem, de mota...faz-se parte dela!"


22 out 2013 09:40 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2005 09:22
Mensagens: 16161
Localização: Beja Desert
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Venha mais :pop)

_________________
"... ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão,perder com classe e vencer com ousadia,porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante..."


22 out 2013 09:45 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro

Registado: 06 jun 2013 14:59
Mensagens: 76
Localização: Açores
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Já estou a ver os noticiários em Marrocos... Atropelamento e fuga, Açorianos atropelam galinha :danc: e abandonam o local... :lol:


22 out 2013 09:45 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Aventureiro
Avatar do Utilizador

Registado: 13 abr 2011 19:47
Mensagens: 182
Localização: Ponta Delgada-Açores
Mensagem Re: Marrocos Adventure Tour-aventura de 4 Açorianos por Marr
Este Bruno é uma máquina e quanto à galinha, que andava a fugir de outra, só deu para puxar a mota para a direita e ouvir PLAAC... já foste! :oops:

Antes tu que eu!


22 out 2013 09:56 { SHARE_ON_FACEBOOK } { SHARE_ON_TWITTER }
Perfil
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 114 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5  Próximo


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Ir para:  
Powered by phpBB © phpBB Group.
Designed by TRAILAVENTURA @ 2009.